Empresa de ônibus é multada por poluir praias em Salvador

O Centro de Recursos Ambientais(CRA) da Bahia multou em R$ 50 mil e notificou a empresa de ônibus urbanos, a rodoviária Praia Grande, por poluir três praias do subúrbio ferroviário de Salvador, com o derramamento de milhares de litros de óleo diesel, na semana passada.O combustível escorreu por um córrego, durante um erro de operação na garagem da empresa, e atingiu as praias matando peixes e causando danos ambientais. Crustáceos moluscos e espécies como tainhas, arraias, xixaros, xaréus e agulhas apareceram mortas aos montes, de acordo com o relato de pescadores da colônia de pesca de Praia Grande.O óleo está espalhado pelas praias de Escada, Praia Grande e Periperi, e teria causado mal-estar a crianças que brincavam na areia.Contratada para limpar o local, a empresa Hidroclean Garner, avalia que "pouco mais de três mil litros" vazaram, segundo o gerente de operações Márcio Maciel.A engenheira química Lúcia Cardoso, diretora Geral do CRA, disse que "a multa é simbólica, já que a empresa assumiu a responsabilidade pelo vazamento, e está realizando as operações necessárias".De acordo com estimativa superficial, os custos devem ultrapassar os R$ 200 mil. A diretora informa ainda que "todo o material coletado será processado pela Central de Tratamento de Efluentes líquidos-Cetrel, que cuida dos despejos de substância perigosos do Pólo Petroquímico de Salvador.Para o pescador José Araújo, "esse óleo todo vai é deixar a gente sem ganha pão mais de um mês".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.