Empresa divulga nome de mortos em acidente no Rio

O secretário da Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro, coronel Carlos Alberto de Carvalho, fez um sobrevôo sobre o pico da Pedra Bonita, no município de Rio Bonito, onde o avião LAT 410 da Team Empresas Aéreas caiu na tarde desta sexta-feira.De acordo com o coronel, a aeronave ficou totalmente destruída com o choque, e os 19 ocupantes morreram carbonizados. O bimotor, que desapareceu no fim da tarde de sexta-feira, foi localizado às 2h50 do sábado por equipes do Corpo de Bombeiros que caminharam por 4 horas em mata fechada para chegar ao local do acidente. O vôo 6865 decolou de Macaé, cidade do norte fluminense, às 17h20 de sexta-feira, e deveria ter pousado no Aeroporto Santos Dumont, no Rio, às 18 horas.Às 8 horas de hoje, peritos do Departamento de Aviação Civil seguiram, de helicóptero, ao local do acidente. Somente depois da perícia os corpos serão retirados e levados ao Instituto Médico Legal do Rio.Também neste sábado, a mulher do piloto da aeronave, Michael Peter Hutten, chegou a Rio Bonito. Soraya Hutten disse que o marido pertenceu à Força Aérea Brasileira (FAB) por 35 anos e já tinha experiência de 5 anos no rota Vitória-Macaé-Rio. Segundo ela, o marido chegou a atuar como observador militar da ONU e era especialista em segurança de vôo. "A empresa tem aviões novos, manutenção em dia e sempre foi correta. É uma empresa composta por ex-integrantes da FAB, que respeita horários de vôo", disse.Michael e Soraya tinham quatro filhos, com idades de 12 a 25 anos.VítimasA Team Empresas Aéreas divulgou o nome das 19 vítimas do acidente. São elas:Michael Peter Hutten (piloto) Alvaruz Jaime Eloir (co-piloto) Bartolomeu Antunes Benedito Paladine Cristian Mangoni Henrique Carvalho Hugo Correia Jaques Berne Jorge Costa Leila Abril Marcelo Oliveira Márcia Pereira Marco Galasso Marco Lattani Marven Souza Mauro Neves Milton Souza Ribamar Cassemiro Tahis Santos A empresa também disponibilizou o número (21) 2544-1231 para que os parentes e amigos das vítimas obtenham mais informações. Os familiares estão hospedados em um hotel do centro do Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.