Empresa envia grupo de apoio

Um grupo de 17 voluntários franceses da Air France, dois médicos e uma enfermeira chegaram ontem pela manhã ao Hotel Windsor, no Rio, onde ficarão hospedados com a missão de dar apoio às famílias dos passageiros do voo AF 447. Segundo a empresa, os voluntários e a equipe médica vieram de Paris, falam português e podem até prestar atendimento por telefone. Em nota, a empresa informou que outros voluntários poderão chegar ao País nas próximas horas.A companhia informou que a missão dos voluntários é acolher as famílias, dar apoio logístico à equipe da Air France no País e prestar atendimento no call center disponível para o atendimento aos familiares. Antes de embarcar para o Brasil, eles passaram por treinamento.A empresa informou que na preparação os voluntários aprenderam como ser "agentes de ligação" entre os funcionários no Brasil e a equipe de crise da Air France na Europa. Desde o desaparecimento do A330, a Air France afirmou que mobilizou centenas dos 4 mil voluntários com que conta na França. De acordo com integrantes da direção da companhia, nenhum voluntário está autorizado a falar com jornalistas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.