Empresa que atrasar decolagem em Congonhas será multada

As companhias aéreas que atrasarem muito para decolar no Aeroporto de Congonhas e perderem seus slots (vaga na fila) podem ser multadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A aplicação da penalidade vai depender dos motivos do atraso. A fiscalização em Congonhas foi intensificada na terça-feira, 27, quando a pista auxiliar do aeroporto entrou em reformas, reduzindo o número de pousos e decolagens.Na quarta-feira, 28, não houve atrasos significativos. Apenas 8% dos 251 vôos programados demoraram mais de 45 minutos, apesar da pista principal ter sido fechada para pousos por 13 minutos, das 15h07 às 15h20. Em todo o País, houve atrasos em 17,8% dos 1.464 vôos programados.Passageiros da TAM do vôo 3572 que iriam de Brasília para Imperatriz (MA) e, de lá para São Luís, tiveram de esperar 18 horas na capital maranhense antes de seguir para o destino. Isto porque o pouso em Imperatriz foi cancelado e os passageiros tiveram de desembarcar em São Luís. Segunda a Assessoria da TAM, o Airbus A320 teve problemas técnicos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.