Empresário adia depoimento sobre morte de prefeito

O depoimento do empresário Ronam Maria Pinto, sócio de Sérgio Gomes da Silva - principal testemunha do seqüestro do prefeito de Santo André (SP), Celso Daniel (PT) - que deveria ocorrer hoje, foi adiado para amanhã, a pedido do próprio empresário. O depoimento do irmão de Daniel, Bruno José Daniel Filho, que deveria ocorrer amanhã, foi adiado para sexta-feira. Na tarde de hoje, deverão depor a vereadora petista Heleni Freitas, de Santo André, e uma testemunha cuja identidade é mantida em sigilo pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que investiga o assassinato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.