Empresário do tráfico é transfeiro do MA para o Rio

O empresário Ibrahim Aziz Simão, preso pela Polícia Federal na manhã de ontem em São Luís (MA), durante a Operação Propasta, foi transferido para a Superintendência da PF no Rio de Janeiro. De acordo com o titular da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da PF (Delepren), semanalmente, Ibrahim vendia ao tráfico cerca de 250 quilos de produtos químicos, entre eles xilocaína, cafeína, lidocaína, bicarbonato de sódio, procaína e benzocaína, faturando até R$ 60 mil. Os produtos eram misturados à cocaína, aumentando a quantidade da droga em até oito vezes (num processo conhecido como "batismo"). Até agora, 14 pessoas foram presas. A operação policial continua para cumprir nove mandados de prisão e de busca e apreensão. As informações são da GloboNews.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.