Empresário é morto por cabo da PM em AL

O cabo da Polícia Militar Feitosa, que faz parte da segurança do presidente da Assembléia Legislativa de Alagoas, deputado Antonio Albuquerque (PTB), assassinou a tiros de revólver o empresário Olival Tenório Filho, por volta das 19 horas de hoje em uma churrascaria, em São Miguel dos Campos, a 52 quilômetros de Maceió. Segundo o secretário de Defesa Social de Alagoas, delegado Mário Pedro dos Santos, o criminoso já telefonou para o comandante da Polícia Militar, coronel Ronaldo dos Santos, assumindo a autoria do crime e prometendo se entregar ao Comando da PM nesta segunda-feira. Apesar disso, cerca de 150 policiais ainda estão procurando o criminoso. Mário Pedro contou que o crime aconteceu por motivo fútil. "O militar estava com a esposa e um filho de 8 anos na churrascaria, quando Olival passou a mão na cabeça do garoto, que não gostou do afago e recebeu o apoio dos pais. Quando estava de saída, Olival ouviu uma provocação da mulher do militar e voltou para tomar satisfação, quando foi recebido à bala". Olival, que é filho do usineiro Olival Tenório - uma das maiores fortunas de Alagoas -, morreu a caminho do Hospital de São Miguel dos Campos. O seu corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Maceió, onde foi necropsiado e liberado para o enterro que deverá acontecer nesta segunda-feira.

Agencia Estado,

23 de setembro de 2001 | 22h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.