Empresário é seqüestrado e baleado em SP

O empresário Antonino Petrusco, de 42 anos, proprietário de uma rede de supermercados na região de Bragança Paulista, no interior do Estado de São Paulo, foi encontrado pela Policia Rodoviária Estadual, pedindo socorro, na noite desta segunda-feira, no km 57 da Rodovia dos Tamoios, município de Paraibuna, Vale do Paraíba.Segundo a polícia, o empresário foi vítima de seqüestro na noite da última sexta-feira em Bragança Paulista (SP) e estava ferido no abdome. O tiro teria sido disparado por um dos seqüestradores. Os policiais levaram o empresário para o Pronto-Socorro da Vila Industrial em São José dos Campos.No trajeto até o hospital, Petrusco contou aos policiais que foi ferido por um dos seqüestradores, ao ser libertado, na tarde desta segunda-feira. Ele disse ainda que foi seqüestrado no dia 5 de julho, quando saía de um de seus supermercados, em Bragança Paulista.A polícia civil de Bragança confirmou o registro do desaparecimento do empresário na mesma data, mas informou que as investigações sobre o caso deveriam ser mantidas em sigilo. Segundo o empresário, antes de ser levado para o cativeiro, em Paraibuna, ele foi obrigado a voltar ao supermercado e retirar 330 mil reais dos cofres. Mesmo entregando o dinheiro à quadrilha, a vítima foi mantida em cativeiro por três dias. Em São José dos Campos o empresário passou por uma cirurgia para a retirada do projétil e na manhã desta terça foi transferido para o Hospital Universitário de Bragança Paulista (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.