Empresário persegue assaltantes, mas é detido com arma ilegal

Um dos envolvidos no roubo a escritório foi preso; vítima foi parada pela polícia com revólver calibre 38

Pedro da Rocha, da Central de Notícias,

09 Novembro 2010 | 23h12

Um empresário de 42 anos foi preso em flagrante por porte ilegal de armas, nesta segunda-feira, 8, em Guariba, a 353 km da capital, após perseguir três homens que haviam assaltado seu local de trabalho,. Um dos envolvidos no roubo foi preso em Ribeirão Preto.

 

No crime, um dos suspeitos estava dentro do escritório, onde rendeu as funcionárias presentes e abriu o portão de acesso para a entrada de seus dois comparsas. Além do empresário, outras duas funcionárias foram rendidas. Bolsas com documentos, notebooks e R$ 18 mil em dinheiro foram levados.

 

O empresário saiu do local alguns minutos após o bando e tentou encontrá-lo, mas acabou parado pela polícia, que recebeu denúncia anônima de um carro em alta velocidade que passava pelo bairro Jardim Monte Alegre.

 

Ao ser abordado, o empresário foi preso em flagrante por uso de revólver, calibre 38, com munição e sem registro. Ele foi levado para a Cadeia Pública de Jaboticabal.

 

A PM recebeu denúncia segundo a qual os autores do roubo em Guariba estavam em um Vectra, vermelho, em Ribeirão Preto. A PM pesquisou a placa do carro e chegou até a casa de um suspeito, de 27 anos.

 

O homem confirmou participação no roubo, e informou que os objetos furtados estavam dentro da sua casa, nos fundos. Duas bolsas, celulares e R$ 3 mil foram recuperados. O detido foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) da cidade.

Mais conteúdo sobre:
empresário assalto arma Guariba

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.