Empresário vende passagens falsas para 30 pessoas no CE

O sonho de conhecer a Europa acabou em pesadelo para 30 cearenses. Eles compraram passagens aéreas falsas para Portugal. O golpe, segundo a Polícia cearense foi aplicado pelo dono da agência de viagens Orion Nordex, Ricardo Gazillo. Ele foi denunciado pelos turistas cearenses e preso quando prestava depoimento na Delegacia de Defraudações nesta quinta-feira, 15. Os clientes pagaram R$ 1.650,00 para ir e voltar de Portugal de avião. Na quarta-feira, 14, dois dias antes do embarque, descobriram que as passagens eram falsas.Parte dos clientes pagou a passagem a dinheiro, outra em cheque e alguns no cartão de crédito. Nenhum deles desconfiou do possível golpe porque o "bilhete aéreo" seguia o modelo convencional. O delegado Andrade Júnior investiga que outras pessoas, além das 30 teriam comprado as falsas passagens. Ricardo Gazillo vai responder por crime de estelionato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.