Empresas de motofrete receberão certificação de segurança

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) entrega nesta segunda-feira, 9, as primeiras certificações do Programa Selo Trânsito Seguro, edição 2007, para empresas de motofrete ou que operam com frota de motocicleta. Segundo a CET, o selo será entregue às seis primeiras empresas que atenderam as exigências de segurança no trânsito em suas atividades. As certificações fazem parte de um conjunto de medidas educativas da CET para melhorar as condições de segurança no trânsito. As medidas abrangem campanhas para motoristas e pedestres, como "faixa cidadã preferencial para motociclistas" em corredores de tráfego e criação da "faixa exclusiva para motos", já em fase de teste na Avenida Sumaré, zona oeste da capital. De acordo com a CET, diariamente um motociclista morre e outros 25 ficam feridos na capital paulista, em acidentes de trânsito. Na expectativa de reverter este quadro, o programa de certificação tem como principal objetivo estimular as empresas do setor a adotar práticas de gestão de segurança que garantam aos motociclistas profissionais o uso de equipamentos de proteção, como capacetes, motos adequadas, jaquetas, treinamento e condições regulares de trabalho. As empresas que receberão nesta segunda os selos foram bem avaliadas pela CET por adotar práticas eficientes de gestão do risco, oferecendo, entre outros, seguro de vida, convênio de saúde e auxílio extra por afastamento em caso de acidentes.

Agencia Estado,

09 Abril 2007 | 12h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.