AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Encerrada rebelião em Botucatu

Os duzentos e vinte presos da cadeia pública de Botucatu, cidade da região noroeste do estado, rebelaram-se hoje, dia 21, tomaram um carcereiro como refém e destruíram o prédio. A rebelião teve início por volta de 11h30 e só terminou às 17 horas. O refém foi libertado sem ferimentos, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado. A cadeia tem capacidade para 60 detentos. Os rebelados reivindicavam a transferência de dez presos, um deles condenado e 9 provisórios. Eles exigiram a presença de um representante do Ministério Público, de advogados e do diretor da cadeia, Luiz Marcelo Perpétuo, para encaminhar as reivindicações. Segundo a Secretaria, os dez presos serão transferidos. A cadeia teve portas e grades arrancadas. O carcereiro, cujo nome não foi divulgado por razões de segurança, foi levado para o Hospital Regional, no distrito de Rubião Júnior, para ser submetido a exame médico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.