Enchente desabriga 430 em Uruguaiana

A enchente do rio Uruguai desalojou 430 pessoas de 88 casas em Uruguaiana (RS), na fronteira do Brasil com a Argentina, forçando a prefeitura a decretar situação de emergência. As águas começaram a subir no domingo, mas a situação ficou crítica na segunda-feira, quando choveu durante oito horas seguidas alagando os bairros Cabo Quevedo, Nova Esperança, Santana, Mascarenhas de Moraes e Santo Antônio.O nível do rio subiu para 9,3 metros acima do leito e, mesmo com o tempo bom desta terça-feira, ainda não começou a baixar porque está recebendo muita água das cabeceiras, na divisa do Rio Grande do Sul com Santa Catarina. A prefeitura removeu os moradores de casas submersas ou ameaçados pela inundação, oferecendo alimentos e abrigo em escolas e centros comunitários. Mas a maioria deles preferiu ficar com pedaços de lona para montar acampamento próximo às casas. Eles querem manter a vigilância porque temem que seus bens sejam saqueados. As previsões meteorológicas indicam tempo bom para os próximos dias em todo o Rio Grande do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.