Enciumado, rapaz mata a namorada grávida

O ajudante geral Antoni da Silva Correa Vargas, de 19 anos, foi preso em flagrante neste sábado depois de bater na namorada Joset Pereira da Silva, de 16 anos, que acabou morrendo. O casal namorava havia nove meses e ela estava grávida de três meses. O crime aconteceu em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo. Segundo parentes da garota, os dois brigavam constantemente. Depois de brigarem, Vargas foi para a casa e resolveu voltar para a residência da namorada, mas foi informado por parentes dela que a garota havia saído. Enciumado, o ajudante geral foi atrás da namorada e a encontrou no caminho. O casal começou a discutir e ele passou a agredi-la com socos e pontapés. Vendo a namorada caída ensanguentada, Vargas pediu ajuda e chamou os parentes da moça que a levaram para o pronto-socorro da cidade, onde a garota não resistiu aos ferimentos. O rapaz acabou confessando o crime e foi preso em flagrante por lesão corporal seguida de morte. Caso seja condenado, o ajudante geral pode pegar de quatro a dez anos de cadeia.

Agencia Estado,

21 Junho 2003 | 21h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.