Encontrada jovem estuprada e morta em parque de diversões no Paraná

Quatro funcionários do parque, suspeitos do crime, foram presos nesta manhã, em Colombo, onde jovem foi assassinada

Julio Cesar Lima, Especial para o Estado

28 de junho de 2013 | 17h59

CURITIBA - A polícia paranaense encontrou no início da tarde desta sexta-feira, 28, o corpo da jovem Tayná Adriane da Silva, de 14 anos, estuprada e morta na quinta por quatro homens em um parque de diversões na cidade de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. Desaparecida da capital havia 15h, a adolescente havia sido enterrada pelos suspeitos na Rua Márcio Cardoso, no bairro de São Dimas, perto do parque. Os homens foram presos nesta manhã.

Revoltados, os familiares da garota fizeram críticas aos policiais da delegacia de Alto Maracanã, onde o caso foi denunciado. Eles afirmam que ao fazer a queixa na unidade, logo após o desaparecimento, não foram levados a sério.

Nesta manhã, após a detenção dos acusados, moradores da região colocaram fogo em uma parte do parque de diversões e chegaram a queimar diversos brinquedos. No final da tarde, alguns familiares e vizinhos ameaçaram bloquear a Estrada da Ribeira, próxima ao local do crime, para pedir maior segurança.

Tudo o que sabemos sobre:
parqueestupradacuritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.