Encontrada mais uma vítima do naufrágio em Manaus

O soldados do Corpo de Bombeiros de Manaus encontraram, no início da noite desta segunda-feira, mais uma vítima do naufrágio do barco Princesa Laura, ocorrido no fim da tarde de domingo, nas águas do Rio Negro, perto do município de Novo Airão. Com isso, sobe para 12 o número de vítimas fatais do acidente.O corpo encontrado foi de uma menina de cinco anos, identificada como Camila. Mas até o fim da noite o Instituto Médico Legal do Amazonas não havia conseguido a identificação oficial através de parentes.As buscas no local continuam. O Corpo de Bombeiros e a Capitania dos Portos continuam procurando por pelo menos mais uma vítima, certamente outra criança, que segundo testemunhas teria ficado presa em um dos camarotes no momento em que o Princesa Laura adernou para a direta atingido pela forte ventania que causou o acidente.A Capitania dos Portos deve apresentar nesta terça-feira a relação oficial dos passageiros a bordo do Princesa Laura no momento em que ele deixou o porto de Barcelos, às 18 horas de sábado, com destino a Manaus.Essa relação, no entanto, não deve colaborar muito na investigação do caso. É comum nos rios da Amazônia os barcos zarparem com a quantidade regulamentar de passageiros e, em seguida, completar e até mesmo ultrapassar a lotação em portos clandestinos.Os proprietários do Princesa Laura ainda não chegaram a Manaus, apesar de serem reincidentes neste tipo de acidente. Há quatro anos, outro barco deles, o Princesa Ananda, naufragou provocando 20 mortes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.