Encontrados corpos de dois adolescentes no Rio Piracicaba

Os corpos dos dois adolescentes levados pelaenxurrada na noite de terça-feira em Piracicaba foram localizados hoje pela manhã pelo Corpo de Bombeiros com a ajuda demoradores. Estavam no Rio Piracicaba, a pouco mais de cinco quilômetros de onde foram arrastados. Um menino de cinco anos,irmão de um dos adolescentes, continuava desaparecido até o final da tarde de hoje.Os namorados William Martins e Rafaela Blanco, de 16 anos, estavam dentro de um Fusca com o menino Wellington Martins e a mãe dos garotos, Sueli Regina Poletto Martins, de 37 anos, quando foram surpreendidos pela enchente do Córregodo Enxofre, durante forte chuva na terça-feira à noite. Sueli conseguiu sair do automóvel. Mas a criança e os adolescentes foram arrastados pela correnteza para o córrego,que deságua no Piracicaba. O carro, vazio, foi localizado no córrego ainda na noite de terça. Segundo os bombeiros, moradoresque ajudavam nas buscas da margem do rio avistaram os corpos e avisaram a equipe que vasculhava o Piracicaba. O corpo do rapaz foi o primeiro a ser encontrado, enroscado em pedras no meio do rio. Segundo os Bombeiros, a jovem estava cerca de 500 metros abaixo. As buscas pelo menino seguirão por pelo menos 30 dias, informou a corporação dePiracicaba. Os bombeiros explicaram que localizar crianças é mais difícil, porque elas ficam entre 5 e 10 centímetros sob a superfície. Embora largo e fundo, o Córrego do Enxofre é raso em dias normais, mantém em média cinco centímetros de água. Na terça-feira, choveu 50 milímetros em Piracicaba durante 50 minutos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.