Energia é restabelecida em parte do Rio após temporal; ainda há risco de chuvas

No domingo, cerca de 30 locais estavam alagados na cidade; município permanece em estado de atenção

Priscila Trindade - Central de Notícias,

06 de dezembro de 2010 | 09h36

SÃO PAULO - A energia elétrica foi restabelecida em alguns pontos da cidade do Rio de Janeiro durante a madrugada desta segunda-feira, 6. Por volta das 19 horas de domingo, 5, o temporal que atingiu o município deixou bairros sem energia e formou diversos pontos de alagamento.

 

Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, às 22 horas de ontem havia aproximadamente 30 locais alagados na cidade. Como a água da chuva escoou, às 9 horas de hoje o motorista encontrava apenas um ponto de alagamento na Rua dos Coqueiros, no bairro Catumbi, na região central.

 

Em nota, a Light informou que equipes trabalham para restabelecer o fornecimento de energia em trechos de ruas dos bairros Barra da Tijuca, Botafogo, Irajá e Piedade. Devido ao mau tempo, também foram registradas ocorrências em ruas dos municípios de Duque de Caxias, Barra do Piraí e Três Rios.

 

Previsão. Hoje, o céu do Rio amanheceu com muitas nuvens. Às 8 horas, a temperatura variava entre 24ºC e 26ºC na maioria das áreas da capital fluminense, segundo informou a Climatempo. A previsão para hoje é de novas pancadas de chuva a partir da tarde. Por causa da possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, boletim do Alerta Rio mostra que o município permanece em estado de atenção.

 

Segundo a GeoRio, no período de 24 horas, entre 8 horas do domingo até 8 horas desta segunda-feira choveu quase 154 milímetros na ilha do Governador e 104 milímetros sobre a região de Santa Tereza. Em Laranjeiras choveu aproximadamente 101 milímetros, na Urca 97 milímetros e na Saúde, 92 milímetros. A região da Tijuca acumulou em torno de 81 milímetros e em Irajá choveu 82 milímetros. Porém, praticamente toda a chuva caiu entre 19 horas de ontem e a meia-noite.

Tudo o que sabemos sobre:
Riochuvasenergia elétrica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.