Engenheiro é preso em flagrante por extorsão

O engenheiro-chefe da Subprefeitura de Aricanduva, na zona leste de São Paulo, Edson Vaz Mellonio, foi preso em flagrante por extorsão, após negociar um pagamento de propina. Ele pediu R$ 20 mil a uma comerciante do Shopping Anália Franco, em troca de alvará para realização de uma exposição de arquitetura que ocorre anualmente num terreno do shopping, além de outros R$ 20 mil pelo alvará concedido no ano passado.Mellonio não sabia, porém, que, na sala ao lado de onde foi buscar uma parte do dinheiro, estavam o promotor José Carlos Blat e uma equipe de jornalistas. Todo o diálogo da extorsão foi gravado, na quinta-feira.O flagrante reacendeu as discussões sobre a "máfia dos fiscais", escândalo que explodiu em 1998, quando o então fiscal da Regional de Pinheiros Marco Antônio Zeppini foi pego tentando extorquir R$ 30 mil de uma empresária.Desde então, mais de cem inquéritos foram abertos e pelo menos uma centena de pessoas teve prisão temporária decretada. Os vereadores Vicente Viscome e Maeli Vergniano foram cassados. Além disso, Viscome foi condenado a 17 anos de prisão. Acusado de dominar a Regional da Sé, Hanna Garib teve o mandato cassado na Assembléia Legislativa.Em nota à imprensa, o subprefeito de Aricanduva, Formosa e Carrão, Eduardo Uyeta, informou que Mellonio fazia parte da equipe de fiscalização da Subprefeitura e foi exonerado."Ele também deverá responder civil e criminalmente por seus atos. A Ouvidoria Geral do Município instaurou processo de apuração, que tramitará pela Via Rápida, podendo culminar com a demissão do funcionário a bem do serviço público", diz o subprefeitoVia Rápida é o nome da lei municipal 13.519/03, aprovada no ano passado para acelerar a tramitação de processos sobre irregularidades graves praticadas por agentes públicos. Determina que inquéritos administrativos sejam concluídos em 60 dias, prorrogáveis por, no máximo, outros 60. Na gestão Marta Suplicy, 138 funcionários públicos foram demitidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.