Engenheiro morre durante tentativa de roubo

Com dois tiros na nuca, o engenheiro químico Willian Alves de Freitas, 39, foi morto por um casal de assaltantes, por volta da 1h desta madrugada, ao recusar-se a entregar o carro, um Gol preto, aos criminosos, quando deixava a casa da ex-namorada, Lormina da Costa Barros, na Rua Vigia da Encruzilhada, no Itaim Paulista, zona Leste da capital.Segundo relato de Lormina, o engenheiro entrou no carro, após se despedir, e, antes que ligasse o motor, foi surpreendido por um casal. O homem,armado, mandou Willian descer do carro, mas a vítima começou a discutir com o assaltante e disse que não entregaria o veículo.Baleado duas vezes na nuca, Willian morreu dentro do próprio carro. O casal fugiu e continua desaparecido. O caso foi registrado no 50º Distrito Policial, do Itaim Paulista, pelodelegado Marco Antonio Bernardino Santos, e será invetigado pela equipe C-Leste do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.