Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Enterrada única vitima de naufrágio no domingo

Foi enterrado, nesta terça-feira, o corpo do trabalhador autônomo Éderson de Sales, de 24 anos, única vitima fatal do naufrágio do barco Moby Dick, ocorrido na tarde de domingo, no rio Solimões, próximo ao município de Manaquiri, a 65 quilômetros de Manaus. Éderson, que trabalhava no próprio barco, como ajudante da tripulação, deixou a mulher grávida de dois meses e um filho de um ano.Seus parentes estavam revoltados no enterro. Segundo seu sogro, José Nunes, a Capitania dos Portos precisa tomar uma providência contra a incidência constante de acidentes nos rios do Amazonas nesta época do ano.Ao contrário dos outros meses, em setembro os ventos ocasionados pelas tempestades tropicais são muito fortes. "Quando começar a ventar, os barcos têm que encostar nas margens. Mas os donos, preocupados com o horário, não respeitam a natureza", disse ele.

Agencia Estado,

28 de setembro de 2004 | 13h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.