Entidade terá de pagar indenização a juiz

A Associação dos Magistrados da Paraíba foi condenada a indenizar em R$ 15 mil o desembargador do Tribunal de Justiça Márcio Murilo da Cunha Ramos. A 1.ª Câmara Cível do TJ concluiu que Ramos sofreu dano moral pela divulgação, no site da entidade, de notícia incorreta. A reportagem, publicada em um jornal paraibano, dizia que Ramos havia sido afastado de suas funções pelo Conselho Nacional de Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.