Entregaram açúcar em vez de cocaína

O agente Valter Vanderico Serafim Monteiro da Silva, de 29 anos, do Departamento Estadual de Investigação de Narcóticos (Denarc), de São Paulo, foi morto com sete tiros, no início da tarde desta sexta-feira, no bairro Avelino Palma, em Ribeirão Preto, a 310 quilômetros de São Paulo.Ele estava participando de uma operação na tentativa de armar um flagrante com traficantes. Houve troca de tiros e um dos bandidos, Tiago Antonio dos Reis, de 20 anos, também morreu. Os agentes do Denarc, sem conhecimento da polícia de Ribeirão Preto, simularam uma compra de cinco quilos de cocaína e pagariam pela droga com dólares falsos.Os traficantes descobriram a tentativa e, ao invés de darem a cocaína, passaram aos policiais cinco quilos de açúcar refinado.Com a descoberta das tramas de ambos os lados, começou o tiroteio. Dos quatro agentes do Denarc, além de Silva, morto durante atendimento no Pronto-Socorro do bairro Simioni, Maurício de Souza, de 37 anos, levou um tiro de raspão no braço esquerdo.Outros quatro traficantes conseguiram fugir, sem deixar pistas. O caso foi registrado no 5º DP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.