Envolvidos com dossiê depõem na CPI dos Sanguessugas

Com o fim do processo eleitoral e a reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva, a CPI dos Sanguessugas, que apura superfaturamento de ambulâncias desde o governo anterior ao de Lula, dá continuidade às investigações no esquema de compra do dossiê que supostamente prejudicaria integrantes do PSDB.Nesta semana são esperados os depoimentos do advogado Gedimar Passos, do empresário Valdebran Padilha e ainda do ex-analista de mídia e risco da campanha para a reeleição do presidente Lula, Jorge Lorenzetti.Os três são aguardados para depor à CPI dos Sanguessugas nesta terça-feira, 31, a partir das 14 horas no Senado, segundo a agenda da Câmara.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.