Enxurrada destrói casa e mata dois em Anagé

Uma enxurrada provocada pelas fortes chuvas que castigam o interior baiano, arrastou e destruiu ontem, na zona rural do município de Anagé, a 560 quilômetros de Salvador, a casa do lavrador aposentado Marcelino Souza, de 102 anos, seus filhos Manoel Souza, de 62 e Vitória Souza, de 72, além da neta Guiomar, de 35 anos. Marcelino e Manoel foram levados pela correnteza e morreram. Vitória e Guimar conseguiram se salvar porque suas roupas se enroscaram nos galhos de uma árvore. Os vizinhos salvaram as duas minutos depois.A localidade de Olho d´Água do Vital, onde se situava a casa da família Souza teve grandes prejuízos com as chuvas. Lavouras, cercas, estábulos e casas foram destruídos deixando dezenas de desabrigados. A prefeitura está providenciando o fornecimento de cestas básicas, roupas e cobertores para os desabrigados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.