Equador compra 24 aviões da Embraer por US$280 milhões

O Equador pagará cerca de 280 milhões dedólares por 24 aeronaves fabricadas pela Embraer, afirmou oministro da defesa do país, Miguel Carvajal, nestasegunda-feira. O acordo chega com as tensões do Equador com a vizinhaColômbia se prolongando acerca de uma incursão militar e é umadas maiores aquisições militares do país em uma década. "O custo dos aviões mais o treinamento... é em torno de 280milhões de dólares", disse Carvajal à Reuters. "A idéia éfinanciar em 10 anos... ainda estamos negociando algunsdetalhes". O presidente do Equador, Rafael Correa, afirmou que planejareforçar a força aérea do país para proteger suas falhasfronteiras com a Colômbia depois que a vizinha atacou um campoguerrilheiro rebelde dentro do Equador. A incursão de primeiro de março chegou a levantar a ameaçade guerra por um breve período. O Equador cortou relaçõesdiplomáticas com Bogotá, e as tensões entre os dois paísespermanece. Um conflito armado entre os dois vizinhos é muitoimprovável, segundo especialistas. Carvajal afirmou que o governo deseja renovar armamentomilitar antigo para melhorar as capacidades defensivas e que aaquisição "não é uma corrida armamentista com nossos vizinhos". (Reportagem de Alonso Soto)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.