Equipe de TV fica no meio de tiroteio em favela do Rio

Apesar de a polícia ter desaconselhado as filmagens na favela dona Marta, , pelo menos 30 pessoas da equipe de produção de um seriado da TV Globo ficaram acuadas hoje no alto do morro, em Botafogo, zona sul do Rio, durante duas horas por causa de uma troca de tiros entre criminosos e policiais militares. A equipe só deixou a favela após o confronto, sob a escolta de dez Pms.O comandante da Polícia Militar, coronel Renato Hottz, afirma que o tiroteio começou quando policiais reagiram ao ataque de criminosos ao posto de policiamento que funciona no local. ?Nós tínhamos aconselhado a não subir a favela, mas não quero entrar em polêmica?, disse. Um homem foi baleado e preso.A Central Globo de Comunicação informou que a produção do seriado ?é independente, de responsabilidade da Produtora O2?. A assessoria de imprensa da O2 informou, em São Paulo, que ?somente a TV Globo se pronunciaria a respeito?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.