Escândalo do dossiê não altera números da pesquisa Datafolha

Nova pesquisa Datafolha sobre as eleições presidenciais, divulgada nesta terça-feira, 19, no Jornal Nacional, indica que as intenções de voto continuam estáveis em relação à última pesquisa divulgada no dia 12 de setembro. Os números mostram que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva seria reeleito no primeiro turno. Lula apresentou 50% de intenções de voto, contra 29% do candidato do PSDB, Geraldo Alckmin. Na pesquisa anterior, as intenções de voto estavam em 50% e 28%, respectivamente.Com margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos, a pesquisa desta semana mostrou a Candidata do PSOL, Heloísa Helena com 9%, mesmo patamar em relação à pesquisa anterior.Cristovam Buarque (PDT) atingiu 2% das intenções. Ana Maria Rangel (PRP), José Maria Eymael (PSDC) e Luciano Bivar (PSL) não totalizaram 1%. Brancos e nulos somaram 4%, indecisos totalizaram 5%. A pesquisa foi realizada entre os dias 18 e 19 de setembro, ouviu 7.735 eleitores em 353 municípios brasileiros.Segundo turnoO Datafolha também simulou um segundo turno entre os candidatos Lula e Alckmin. O petista seria reeleito com 55% das intenções de voto contra 38% do presidenciável tucano. Mesma diferença apontada na pesquisa anterior.GovernoA pesquisa também apurou a avaliação do governo: os eleitores que consideraram o governo como bom ou ótimo somaram 48% - na pesquisa anterior, o porcentual era de 46%. Os que julgaram regular foram 34% - na anterior, 35%. Os que avaliaram ruim ou péssimo totalizaram 18% - estável em relação à pesquisa anterior.O levantamento, registrado em 14 de setembro no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo número 17958/2006, foi contratado pela empresa Folha da Manhã e pela Rede Globo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.