Escassez de água foi ''''acidente'''', diz secretário

O secretário do Meio Ambiente, Xico Graziano, admitiu ontem, em Ubatuba, litoral norte, que o Estado precisa tomar providências para resolver a falta de água nos municípios da região. "O governo tem de fazer a sua tarefa, tem de normatizar a situação e investir em saneamento e em oferta de água." Graziano disse ainda que a culpa não é do grande acúmulo de turistas. "O poder público existe para isso, para normatizar, para regular e para garantir que o cidadão tenha boa qualidade de vida, mesmo vindo à praia em excesso. Não pode faltar água. O que aconteceu foi um acidente, e acreditamos que não acontecerá mais", afirmou.Graziano lançou ontem em Ubatuba a Operação Verão Limpo, campanha de educação ambiental desenvolvida pela secretaria e pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) há 20 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.