Esclarecido assassinato de jornalista, afirma delegado

O delegado seccional de Presidente Prudente, Arnaldo Gonino, afirmou que o assassinato da jornalista Melissa Corrêa, de 22 anos, está esclarecido, embora o autor do crime ainda não tenha sido preso. De acordo com Gonino, o responsável pelo assassinato foi identificado graças às investigações realizadas pela polícia. O acusado é Jurandir Lúcio dos Santos, de 39 anos, que já tem antecedentes criminais por porte de arma e furto. O criminoso já teria sido reconhecido por pelo menos três testemunhas, segundo o Bom Dia SP, da TV Globo. O homicídio ocorreu na última terça-feira, no interior de São Paulo. O suspeito teve a prisão preventiva decretada por causa de outro assassinato, ocorrido em fevereiro de 2002, num acampamento de sem-terra, em Presidente Epitácio. Segundo ainda o delegado, depois de cometer o crime, o suspeito teria apanhado um ônibus em Adamantina, com destino a Três Lagoas.

Agencia Estado,

09 Junho 2003 | 10h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.