Escolas de São Paulo terão aulas de espanhol

A prefeita Marta Suplicy e o prefeito de Buenos Aires, Aníbal Ibarra, assinaram nesta sexta-feira um termo de cooperação entre as duas cidades nas áreas de assistência social, turismo, cultura, desenvolvimento econômico, meio ambiente e educação.Uma das principais parcerias é no ensino, a partir de fevereiro, de espanhol, em algumas escolas municipais. Em contrapartida, colégios da capital argentina ministrarão aulas de português."A troca de políticas públicas tem levado os governos a adotar medidas que dão certo porque você não precisa inventar a roda", disse Marta. "A cidade de Buenos Aires tem de buscar soluções como as parcerias", completou Ibarra.Além do termo de cooperação, os dois assinaram declaração pública de apoio ao Mercosul. "Não podemos deixar que a crise e as posições que o governo argentino tomou afetem o Mercosul e até acabem com a iniciativa, que foi fantástica", disse a prefeita após o encontro no Palácio das Indústrias.Segundo o secretário municipal da Educação, Fernando José de Almeida, até 2003 São Paulo terá escolas bilíngües. Em fevereiro, o ensino de espanhol começará a ser feito por meio de cursos nas escolas que abrem nos fins de semana.Pelo menos 60 professores receberão capacitação para ensinar espanhol. A Prefeitura também está preparando profissionais para aulas de francês, em parceria com o governo da França.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.