Escolas desfilam na nova pista de Porto Alegre

As seis escolas do Grupo Especial de Porto Alegre desfilam pela primeira vez na nova Pista de Eventos Carlos Alberto Barcelos Roxo, o sambódromo da capital gaúcha, na noite desta terça-feira. O complexo cultural está em construção na zona norte da cidade. Neste ano, o público verá o espetáculo de arquibancadas provisórias. As instalações definitivas serão inauguradas em 2005. Outra obra prevista para o ano que vem é a construção de 15 barracões ao lado da pista, para facilitar a atividade das escolas, que montarão suas alegorias no local do Carnaval.A prefeitura e os carnavalescos acreditam que, com a construção do sambódromo, o Carnaval de Porto Alegre vai dar um salto de qualidade, assim como ocorreu com o de São Paulo. Além da pista de 600 metros, arquibancadas para 30 mil pessoas e estacionamento para 400 veículos, o complexo cultural terá um anfiteatro para 5 mil espectadores, o Museu do Carnaval, auditórios e instalações para unidades de saúde, bombeiros e polícia militar. O investimento total será de R$ 45 milhões.O Carnaval de Porto Alegre mudou de lugar duas vezes nos últimos 20 anos, passando da avenida Loureiro da Silva para a avenida Augusto de Carvalho, ambas no centro da cidade. A cada ano toda a estrutura era montada e desmontada. Em 1997, o município chegou a começar a licitar a construção da pista de eventos na zona sul, ao lado do estádio Beira-Rio. Mobilizados, os moradores do bairro Menino Deus conseguiram fazer a prefeitura desistir e procurar outro lugar.

Agencia Estado,

23 de fevereiro de 2004 | 19h00

Tudo o que sabemos sobre:
carnavalcarnaval 2004

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.