Escolas podem ter merenda escolar à noite

Em dois meses, as escolas municipais de São Paulo poderão estar servindo merenda escolar também no período noturno. Esse é um projeto do secretário municipal do Abastecimento, Jilmar Tatto, que está tendo seus custos analisados por técnicos e nutricionistas da secretaria. Segundo a sua Assessoria de Imprensa, os estudos têm o apoio da prefeita Marta Suplicy (PT). As escolas municipais atendem, à noite, jovens e adultos que cursam o supletivo.O uso da merenda para estimular alunos a freqüentarem as escolas é uma preocupação enfatizada pelo secretário Tatto desde o início da atual administração. Em janeiro, ele anunciou que estava analisando a proposta de oferecer merenda aos sábados, para incentivar estudantes da rede municipal e crianças das creches a praticarem esportes e atividades culturais nesses estabelecimentos durante o fim de semana. O projeto, no entanto, continua em estudo. Mais informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.