Escolta falha e presos fogem do Fórum de Guarulhos

Mesmo escoltados por policiais militares do Batalhão de Choque, dois presos conseguiram fugir, saindo caminhão de transportes de detentos, chamado de "bonde", na garagem do Fórum de Guarulhos, na Grande São Paulo. Roberto Dionísio Soares Vantini e Zenildo Salomão ainda não foram recapturados. Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), os foragidos cumpriam pena no Presídio Adriano Marrey, em Guarulhos. Eles estavam no caminhão da SAP, com outros 43 detentos. Todos foram levados para audiências em fóruns na capital e cidades da Grande São Paulo. Roberto e Zenildo tiveram audiências judiciais no Fórum Mário Guimarães, na Barra Funda, zona oeste. Ambos retornaram com o grupo para Guarulhos. Os dois detentos aproveitaram uma falha na escolta, quando os PMs foram buscar outros presidiários na carceragem, saíram do caminhão e fugiram. Agentes penitenciários responsáveis pela remoção dos presos também não perceberam a ação da dupla. Policiais militares do Batalhão de Choque e do 15º Batalhão (Guarulhos) realizaram buscas em Guarulhos, à procura dos detentos, mas não os encontraram. Segundo funcionários do sistema prisional, os detentos não ficam algemados na viatura da SAP por determinações do próprio Comando de Policiamento de Choque e da Coordenadoria dos Estabelecimentos Penitenciários (Coesp). Os foragidos eram do Raio 3 do presídio.

Agencia Estado,

23 Fevereiro 2006 | 11h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.