Escrivão de polícia é executado com 6 tiros na zona norte de SP

O escrivão de polícia, Juarez Daniel Aparecido, de 42 anos, foi morto, com 6 tiros, um deles na cabeça, por volta das 17h45 de segunda-feira, em frente ao Mercado Juazeiro, localizado na altura do nº 674 da Rua Massao Watanabe, em Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte da capital paulista.Juarez, que estava há 18 anos na polícia e trabalhava no 38º Distrito Policial, de Vila Amália, também na zona norte, caminhava pela rua quando foi abordado por dois homens que ocupavam uma moto. Ainda não se sabe se ao escrivão foi anunciado assalto, mas o que testemunhas viram foi uma seqüência de 6 tiros contra o escrivão, que ainda teve a pistola calibre 40, e apenas ela, levada pelos homicidas.Mesmo encaminhado ao pronto-socorro de Vila Penteado, Juarez não resistiu e morreu. Os dois atiradores seguem foragidos. O boletim de ocorrência foi registrado na mesma delegacia onde o policial trabalhava. O delegado titular daquele Distrito, Jair Vicente, não autorizou seus policiais a passar mais informações à imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.