MARLON COSTA/FUTURA PRESS
MARLON COSTA/FUTURA PRESS

Escultura do Galo da Madrugada está pronta; desfile homenageará Ariano Suassuna e Eduardo Campos

Maior bloco do mundo também prestará homenagem aos compositores Luiz Gonzaga e Carlos Fernando, responsável pelo projeto Asas da América

Angela Lacerda, O Estado de S. Paulo

12 de fevereiro de 2015 | 23h29

RECIFE - Vestindo fraque nas cores amarelo e preto e portando um saxofone, a escultura do Galo da Madrugada, com suas 33 toneladas e 27 metros de altura, terminou de ser montada nesta quinta-feira, 12, na Ponte Duarte Coelho, no centro do Recife, onde reinará até a quarta-feira de Cinzas.

As cores da roupa são as mesmas do centenário clube de frevo Bola de Ouro e o instrumento musical é característico do maestro Spok, ambos homenageados do carnaval deste ano. Para a montagem do Galo, iniciada na quarta-feira, 11, a ponte e algumas ruas centrais da cidade foram interditadas.

Maior bloco do mundo, de acordo com o Guiness Book, o Galo faz o seu 38. desfile, neste sábado, 14,  com 30 trios elétricos, animado por artistas pernambucanos e nacionais e deve atrair 2,5 milhões de foliões, de acordo com o seu presidente, Rômulo Meneses. Depois de quase quatro décadas, o clube ganha um novo estandarte. O antigo está deteriorado e ficará exposto na sede da agremiação, no central bairro de São José.


O escritor Ariano Suassuna (1927-2014) e o ex-governador Eduardo Campos (1965-2014) serão os homenageados do Galo, com os compositores Luiz Gonzaga, o rei do baião (1912-1989), e Carlos Fernando (1938-2013), responsável pelo projeto Asas da América, que ajudou a popularizar o frevo na voz de intérpretes da MPB. "Asas da América, asas para o frevo" é o tema do desfile.

O roteiro do Galo, no sábado, tem cerca de seis quilômetros, percorrendo vários bairros centrais e deve durar em torno de nove horas. O desfile começa às 10 horas (horário de Brasília) no Forte das Cinco Pontas.

Tudo o que sabemos sobre:
CarnavalGalo da Madrugada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.