Estacionamento do metrô é autuado

Falta licença de funcionamento

Vitor Sorano, O Estadao de S.Paulo

17 de abril de 2009 | 00h00

O estacionamento conjugado com a Estação Santos-Imigrantes do Metrô (Linha 2-Verde), na zona sul de São Paulo, foi multado por falta de licença de funcionamento. No dia 8, a Cia. Park Estacionamentos - contratada para operar o serviço - foi autuada em R$ 6.900 por um fiscal da Subprefeitura de Vila Mariana, segundo a Secretaria de Subprefeituras. O Metrô afirmou que desconhecia o fato e a responsabilidade é da operadora do serviço.O equipamento é o primeiro de outros oito já anunciados pela companhia - o próximo estacionamento deve entrar em funcionamento neste mês. A ideia é que o usuário deixe o carro ou a moto e complete seu trajeto no transporte público. Com um bilhete único diferenciado, o usuário paga R$ 8,45 para deixar o veículo por 12 horas e fazer duas viagens de metrô. A hora adicional custa R$ 1. O terreno onde funciona o estacionamento Santos-Imigrantes, de 2,9 mil m2, é de propriedade do Metrô. Em 2008, a Cia. Park assumiu a responsabilidade de operar o serviço. A empresa venceu licitação na qual ofereceu o maior desconto na tarifa cobrada do motorista que usar o serviço. Embora possua 117 vagas, o local chega a abrigar o dobro de veículos. A companhia promete um novo pátio, vizinho ao existente, até 2010.O Metrô diz que a responsabilidade pelas obrigações decorrentes da operação do estacionamento, como a obtenção da licença da Prefeitura, é da Cia. Park. "O relacionamento entre as duas empresas é pautado por esse contrato", informou em nota oficial. A reportagem procurou a Cia. Park por telefone nos últimos dias, mas não obteve retorno.A multa foi aplicada depois que a reportagem procurou a Secretaria de Coordenação de Subprefeituras para confirmar se o estabelecimento estava regularizado. O prazo para a legalização, a partir da multa, varia de 60 a 90 dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.