Estado de atenção em São Paulo: 22 pontos de alagamento

Uma chuva de moderada a forte que começou a cair sobre a capital paulista no início desta madrugada fez com que o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, decretasse estado de atenção em toda a cidade. Os túneis do Vale do Anhangabaú (eixo Norte-Sul) foramfechados por medida de precaução, mas já estão reabertos.Neste momento, o CGE registra 22 pontos de alagamentos na capital, sendo que apenas quatro deles, segundo a a CET, estão intransitáveis. São eles: Avenida Radial Leste, na pista bairro-centro, junto à Avenida Margarida Maria Alves, emItaquera (zona Leste); Avenida Aricanduva, nos dois sentidos, junto à Rua Tubucumaque (também na zona Leste); pontilhão da Ligação Leste-Oeste, no trecho sobre a Rua do Glicério (regiãoCentro-Leste); e Praça Orlando Silva, região do Carandiru (zona Norte).O Corpo de Bombeiros também foi acionado para o resgate de pessoas ilhadas pela enchente. Uma casa foi invadida pela água na Rua Renzo Baldini, nº 521, na Parada VX de Novembro (zona Leste); várias moradorias e pessoas ilhadas numa favelalocalizada na Inácio de Souza Ferreira, no Jardim Bartira (zona Leste); motoristas presos dentro do próprios carros - ilhados pela água - na Rua José Bernardo Pinto, em Vila Guilherme (zona Norte) e na Avenida Assis Ribeiro, no Jardim Piratininga (zona Leste).Uma árvore caiu sobre uma residência na Rua Sagaris, nº 73, no Parque Novo Santo Amaro (zona Sul). Apesar de muitas ocorrências, os Bombeiros afirmaram que da 0h até este momento não houve registro de pessoas feridas.Segundo o CGE, com a chegada de uma frente fria a tendência é de que durante toda esta sexta-feira rápidas pancadas de chuva ocorram em toda acapital, alternadamente, região por região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.