Estado de calamidade pública é decretado em Itu

O prefeito de Itu, Lázaro Piunti, decretou estado de calamidade pública na cidade, localizada no interior de São Paulo. Segundo ele, se não for aprovada a suplementação orçamentária de R$ 6 milhões pela Câmara, valor necessário para manter os serviços públicos em funcionamento, a população será prejudicada.Piunti informou que o abastecimento de água, o transporte público e a distribuição de merenda escolar podem ser suspensos, conforme divulgou o Bom Dia São Paulo, da TV Globo. O presidente da câmara, Benedito Morais, disse que quer verificar as contas da prefeitura antes de aprovar o aumento de verbas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.