Estado de jovem baleada e estuprada no PR segue estável

Ela, que ficou paraplégica por conta do projétil que a atingiu na região lombar, deve sair da UTI em alguns dias

Elvis Pereira, estadao.com.br

11 Fevereiro 2009 | 18h07

O estado da jovem de 23 anos alvejada e violentada em Matinhos, no litoral paranaense, permanece estável, segundo informa o boletim médico divulgado no fim da tarde desta quarta-feira, 11. M.P.L., que está paraplégica, é mantida na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Vita, em Curitiba, por conta de dois drenos torácicos. Ela respira sem ajuda de aparelhos e está consciente. Segundo o hospital, ela deverá sair da UTI nos próximos dias. Veja também:Imagem com retrato falado do suspeitoJovem baleada e violentada no PR está paraplégicaDNA vai ajudar na busca a homem que baleou e estuprou jovemHomem que baleou casal não disse que era guia turístico     Na quarta, 10, a polícia divulgou o retrato falado do acusado de atacar M.P.L. e o namorada dela, Osíris del Corso, de 22 anos, no Morro do Boi, no último dia 31. A descrição repassada por M.P.L. à polícia é de um homem entre 28 e 32 anos, com altura de 1,78 a 1,85 metro. O rosto dele seria redondo e o cabelo curto. Com a divulgação do retrato, a polícia espera receber denúncias para tentar prender do criminoso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.