Estado de saúde de dom Aloísio Lorscheider se agrava

O estado de saúde do arcebispo emérito de Aparecida, São Paulo, dom Aloísio Lorscheider, de 81 anos, se agravou e ele teve de retornar à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Monte Klinikum, em Fortaleza. O religioso está sendo submetido a sessões de hemodiálise. De acordo com o médico cardiologista e clínico Glauco Lobo, chefe da equipe que o acompanha, ele deverá permanecer na UTI enquanto estiver realizando o tratamento renal.Segundo o médico, as causas iniciais da internação de dom Aloísio foram uma descompensação cardíaca, ocasionada em parte pelo cansaço, o estresse da viagem a Fortaleza e antecedentes de outras três cirurgias do coração.O religioso também apresenta um forte estado gripal, Chegou a desenvolver um princípio de pneumonia, mas que já está controlada. Apesar de estar consciente, desde quando foi internado, há quase uma semana, dom Aloísio não pôde receber visitas, nem mesmo quando foi transferido no domingo para uma unidade semi-intensiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.