'Estado' e Gazeta reúnem presidenciáveis

Debate na noite de hoje tem participação garantida de Serra, Marina e Plínio; Dilma alega problemas de agenda e não deve ir

, O Estado de S.Paulo

08 de setembro de 2010 | 00h00

Os candidatos à Presidência José Serra (PSDB), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) vão participar do debate promovido pelo Estado e pela TV Gazeta, hoje às 23 horas, com transmissão ao vivo pela TV Gazeta, rádios Gazeta e Eldorado e, na internet, nos portais estadao.com.br e tvgazeta.com.br.

 

Por meio de sua assessoria, Dilma Rousseff (PT) alegou problemas de agenda para não participar. Caso ela realmente não compareça, a bancada com seu nome ficará vazia, segundo as normas definidas pelos demais partidos. Se a candidata decidir participar de última hora, terá de aceitar as regras já assinadas.

 

O debate na TV Gazeta será mediado pela apresentadora Maria Lydia Flandoli e contará com a participação de mais quatro jornalistas: Celso Ming (colunista de economia do Estado), João Bosco Rabello (diretor da Sucursal de Brasília do jornal), Paulo Markun (comentarista da TV Gazeta) e Silvia Corrêa (chefe de redação da emissora). Os principais momentos do debate serão publicados na edição do Estado de amanhã.

 

O Tribunal Superior Eleitoral emitiu despacho no último dia 6 homologando a realização do debate por ter preenchido todos os requisitos legais - inclusive acontecer sem a presença de alguns candidatos, pois considerou comprovado que foi feito convite com antecedência aos presidenciáveis.

Dilma também ainda não participou das sabatinas promovidas pelo Estado. Serra e Marina já foram entrevistados por profissionais do jornal e por internautas durante duas horas, com transmissão ao vivo pela TV Estadão.

A candidata do PT se ausentou, ainda, de eventos promovidos por outros veículos de comunicação. Ela cancelou participação em sabatina promovida pelo portal UOL e pelo jornal Folha de S. Paulo em 17 de agosto. No dia 23, decidiu não ir a debate promovido pela TV Canção Nova e Rede Aparecida de TV. Também negou-se a participar de debate dos portais IG, MSN, Terra e Yahoo! no dia 26.

Ideias. O diretor de jornalismo da TV Gazeta, Dácio Nitrini, afirma que a recusa da candidata a participar do debate de hoje pode ser entendida como um certo desprezo pelo confronto de ideias: "Ainda mais quando tem a chancela de veículos promotores da democracia, como a TV Gazeta e o Estado." O diretor de conteúdo do Grupo Estado, Ricardo Gandour, também lamenta: "Os encontros com a imprensa e os leitores são oportunidades de a sociedade ter acesso às ideias e visões de governo."

Segundo sua assessoria, Dilma ainda irá a quatro debates: na Rede TV!, na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), na TV Record e na TV Globo. O Estado e TV Gazeta promoverão no dia 14 um debate com candidatos ao Senado por São Paulo. Em 24 de agosto, o jornal e a emissora realizaram um debate entre seis candidatos a governador: Geraldo Alckmim (PSDB), Aloízio Mercadante (PT), Celso Russomano (PP), Paulo Skaf (PSB), Fábio Feldman (PV) e Paulo Bufalo (PSOL).

 

Serviço

DEBATE ESTADO/TV GAZETA COM OS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, HOJE, DAS 23 HORAS À 1 HORA, NA TV GAZETA. SERÃO 5 BLOCOS.

A TRANSMISSÃO SERÁ AO VIVO PELA TV, RÁDIOS ELDORADO E GAZETA E PELA INTERNET NOS PORTAIS WWW.ESTADAO.COM.BR E http://www.tvgazeta.com.br/.

PARTICIPAM JOSÉ SERRA (PSDB), MARINA SILVA (PV) E PLÍNIO DE ARRUDA SAMPAIO (PSOL). MEDIAÇÃO DE MARIA LYDIA FLANDOLI, COM PARTICIPAÇÃO DOS JORNALISTAS CELSO MING, JOÃO BOSCO RABELLO, PAULO MARKUN E SILVIA CORRÊA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.