Estadão
Estadão

'Estado' lança plataforma Placar da Guerra

Objetivo é chamar a atenção para a grande quantidade de homicídios registrados no Brasil em comparação com as mortes que acontecem em guerras internacionais

O Estado de S.Paulo

27 Abril 2018 | 03h00

O Grupo Estado, em parceria com a FCB Brasil, lança nesta sexta-feira, 27,  o Placar da Guerra . A plataforma digital tem o objetivo de chamar a atenção para a grande quantidade de homicídios registrados no Brasil em comparação com as mortes que acontecem em guerras internacionais.

A ação Placar da Guerra integra uma série de iniciativas do Grupo Estado que visa a conscientizar a população, provocar o debate e incentivar a busca por soluções para modificar o cenário de mortes violentas no País. "A violência no Brasil se tornou um assunto banal, embora impacte diretamente a vida de todos os brasileiros de uma forma extremamente negativa. É essencial chamar a atenção sobre quão crítico o problema é e, a partir daí, buscar soluções", diz Marcelo Moraes, diretor de Marketing Publicitário do Estado.

O portal será atualizado em tempo real com notícias referentes a mortes tanto no Brasil como em países que estão em guerra, como Síria, Iraque e Líbia. "É fundamental mostrar que o Brasil vive uma guerra não oficial. Ela é chocante e precisa ser vista", afirma Joanna Monteiro, CCO da FCB Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.