Estâncias paulistas discutem verbas

As 61 estâncias do Estado de São Paulo reúnem-se hoje, no Guarujá, para discutir o atraso no repasse das verbas do Dade (Departamento de Apoio às Estâncias Paulistas). Só os municípios da Região Metropolitana da Baixada Santista, Vale do Ribeira, Litoral Norte e Sul, considerados como tal, devem receber este ano cerca de R$ 35 milhões do órgão.Prefeitos e vereadores vão participar do encontro com secretários do Estado, das 8 às 19 horas no teatro Municipal Procópio Ferreira (Avenida D. Pedro I, 350) para tratar do problema e também de outros temas ligados ao Turismo. Segundo o prefeito de Guarujá, Maurici Mariano (PTB), as verbas do Dade são importantes para estes municípios."Há casos onde esse dinheiro representa quase um terço de toda receita tributária municipal". Mariano avalia que os R$ 35 milhões destinados ao litoral são expressivos para a realização de investimentos em infraestrutura, principalmente numa época como a atual em que "os cofres municipais estão fragilizados para destinar verba para investimentos".O evento é organizado pela prefeitura de Guarujá e na pauta principal está o atraso no repasse das verbas do Dade. Mas também serão tratadas questões como a análise de mecanismos que permitam maior integração entre as estâncias, inclusive com a elaboração de um calendário turístico para todo o Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.