Estavam dormindo, quando uma égua caiu na cozinha

Homens do Corpo de Bombeiros de São Bernardo do Campo, no ABC, tiveram nesta quarta-feira um árduo trabalho para remover uma égua que escorregou de uma ribanceira de aproximadamente 50 metros e caiu dentro da cozinha de um barraco, localizado no km 27 da Rodovia Anchieta.O acidente aconteceu às 3h, e os bombeiros só conseguiram retirar o animal da cozinha às 9h. Nenhum morador foi atingido. "Eles estavam dormindo e só acordaram com o barulho", disse o soldado Ivo, do Corpo de Bombeiros.Ivo, mais seis soldados, um veterinário e homens da Defesa Civil foram chamados para tentar remover a égua que, se não fosse retirada a tempo, segundo os bombeiros, poderia ter morrido por falta de oxigenação no cérebro.Depois de 6 horas de sofrimento, o animal foi posto de pé pelos soldados do Corpo de Bombeiro e conseguiu dar os primeiros passos. "Nós passamos álcool em suas patas para ativar a circulação sanguínea e demos uma forcinha para ela levantar", disse o soldado.Segundo ele, a égua só sofreu escoriações. Enquanto o animal era retirado, seu filhote, de aproximadamente dois meses, aguardava ansiosamente a chegada da mãe em cima da ribanceira. "Ele (o filhote) chorava e só acalmou quando viu a égua em pé perto dele. Aí ele até mamou", comentou Ivo, emocionado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.