Estiagem deixa 42 municípios de PE em situação de emergência

Estado teve pouca chuva entre janeiro e abril, o que agrava a o período da seca; barragem está vazia

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

28 Agosto 2007 | 09h19

A falta de chuva no sertão de Pernambuco deixou 42 municípios em situação de emergência, segundo informações da Defesa Civil do Estado. Durante a fase chuvosa do sertão, que vai de janeiro a abril, as cidades pernambucanas sofreram com chuvas atípicas. Apenas no mês de fevereiro choveu o correspondente à média histórica de chuvas, permanecendo com poucas chuvas nos outros meses, o que agravou o período de estiagem. A maior barragem do município de Petrolina, com capacidade para armazenar 11 milhões de metros quadrados de água, está totalmente vazia há mais de um ano. A população conta com a ajuda do Exército, que abastece as cisternas da região e controla o consumo de água.

Mais conteúdo sobre:
secachuvaestiagem no Nordeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.