Estiagem leva 80 municípios gaúchos a decretar situação de emergência

A estiagem que castiga várias regiões do Rio Grande do Sul desde dezembro do ano passado obrigou 80 municípios a decretarem situação de emergência. O fenômeno afeta toda a produção rural e o abastecimento de água. Oito cidades já têm esquema de racionamento. As regiões gaúchas mais atingidas são a campanha, o centro e a fronteira oeste.Em outras regiões do Estado, como a região do Alto Uruguai, no norte e noroeste gaúcho, onde vários municípios estão em situação de emergência, a chuva chegou com intensidade no primeiro dia do inverno. Também choveu forte em Campinas do Sul, Itatiba do Sul, Maximiliano de Almeida, Gaurama, Viadutos, Áurea e Aratiba. Em Bagé, que enfrenta a situação mais crítica da estiagem na região da fronteira oeste, a chuva da terça-feira deu fôlego à Barragem Emergencial, que abastece a cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.