Estiva encerra seu décimo dia de greve

Na expectativa de um acordo, em mais uma rodada de negociação entreoperadores (empresas) e representantes dos trabalhadores avulsos (sem vínculo empregatício), em São Paulo, esta quinta-feira foi derelativa tranqüilidade no Porto de Santos.Acatando denúncia do Sindicato dos Estivadores, o Ministério do Trabalho autuou nesta quinta-feira o Terminal da Libra, que estariaoperando irregularmente, sem a devida liminar concedida pela Justiça.Os trabalhos foram paralisados na madrugada, mas no decorrer do dia dois navios voltaram a ser operados nos armazéns35 e 37.A greve dos avulsos completou nesta quinta-feira seu décimo dia, em protesto contra a transferência do controle daescala de trabalho, feita há 65 anos pelo sindicato da categoria.Estivadores e trabalhadores de bloco mantiveram-se longe deseus postos de trabalho, reunidos em frente à prefeitura, na Praça Mauá, considerada campo neutro.Fora a autuação doMT, não houve maiores incidentes no porto, vigiado à distância pela Polícia Militar, que manteve um efetivo discretoespalhado pelos 12 quilômetros de cais.O diretor-executivo do Sindicato dos Operadores do Estado de São Paulo(Sopesp), José dos Santos Martins, garantiu no final da tarde que a Libra vinha operando com a respectiva autorizaçãofornecida pela Justiça, sem apresentar qualquer tipo de irregularidade.Dos 13 navios atracados nesta quinta-feira, 12 estavam operando normalmente. Alguns por conta de atuarem em terminais automatizados, como o de Granéis Líquidos da Alemoa, onde o cargueiroSporades, por exemplo, embarcava 40 mil toneladas de óleo combustível.Duas embarcações movimentaram cargas no Terminal da Libra; duas na Cargill; duas na Cosipa, uma no corredor deexportação e duas no Terminal de Contêineres, do lado esquerdo do cais.Só o navio Seadance, atracado no cais doArmazém 22, mantinha a descarga de 37,5 toneladas de sal a granel totalmente parada. Outros 27 havios continuam nabarra, aguardando ordem de atracação para os próximos dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.