Estradas apresentam tráfego intenso na volta do feriado

Na volta do feriado de Finados, as estradas paulistas apresentam tráfego intenso na tarde deste domingo. O tráfego é intenso nas estradas que ligam a capital ao litoral e ao interior do Estado, porém sem o registro de congestionamentos e acidentes graves.No sistema Anchieta-Imigrantes, que liga a capital ao litoral, subiu para 9.300 o número médio de veículos a passar por hora nos pedágios dos sistema, segundo a Ecovias, concessionárias que administra o sistema.De acordo com a Ecovias, apenas 80 mil dos 288 mil dos veículos que deixaram a capital para passar o feriado prolongado no litoral ainda não tinham subido a serra até às 17h deste domingo.O pior ponto de da subida, segundo a Ecovias, estava na altura do Km 40 da Rodovia dos Imigrantes, na junção das duas pistas, que chegava a congestionar e parar por alguns momentos. Depois, disso, no Planalto entre os quilômetros 32 e 24, era registrada apenas lentidão, em conseqüência do excesso de veículos. Já, pela Via Anchieta o fluxo registrado era melhor, sem congestionamentos.Nas demais rodovias estaduais e federais de São Paulo, com o fim de tarde, o tráfego já começava a ficar mais intenso, mas ainda era considerado normal pelas concessionárias ou departamentos que as administram.As rodovias dos Tamoios e Oswaldo Cruz, que ligam o Vale do Paraíba ao Litoral Norte e por onde circularam cerca de 80 mil turistas durante o feriado, registraram movimento intenso no início da tarde deste domingo, 30% acima do normal. O DER - Departamento de Estradas de Rodagem e da Polícia Rodoviária Estadual previam o horário de pico do tráfego, para o período entre 16h e 20h.Por volta das 15h, circulavam pela Tamoios cerca de 1.650 carros por hora, enquanto na Oswaldo Cruz somavam-se 650 carros. Na rodovia Floriano Pinheiro, que liga a via Dutra a Campos do Jordão, o trânsito também era intenso, mas sem apresentar algum tipo de problema para os motoristas.Os sistemas Anhangüera/Bandeirantes e Castelo Branco/Raposos Tavares, e as rodovias federais Presidente Dutra e Regis Bittencourt já apresentaram alguns pontos de lentidão, porém o tráfego ainda era considerado normal.Na rodovia Presidente Dutra, onde a previsão era de 6 mil carros por hora, após as 16h, o trânsito estava intenso, mas sem que houvesse nenhum congestionamento.Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego, a capital também não apresenta problemas no trânsito. O número de veículos na Avenida dos Bandeirantes, a principal via de escoamento dos veículos que chegam pelo sistema Anchieta/Imigrantes, e também nas Marginais do Pinheiros e do Tietê é grande, mas lentidões não foram registradas.Balanço dos acidentesO sistema Anhanguera-Bandeirantes, controlado pela concessionária AutoBAn, registrou aumento no número de acidentes neste feriado prolongado, em relação ao feriado entre os dias 12 e 15 de outubro, mesmo número de dias de folga deste Finados.Das 0h de quarta-feira até às 16h deste domingo, foram atendidos pela emergência da AutoBAn 66 casos que deixaram 32 feridos e uma pessoa morta. No feriado passado foram 55 acidentes, 27 feridos e também uma morte.A concessionária aponta a imprudência como a principal causa dos acidentes nas estradas. Segundo a AutoBAn, no último feriado circularam pelo sistema 602.162 veículos. Às 16h deste domingo, a empresa fechou balanço parcial de 266 mil veículos que seguiram da capital para o interior e 251 mil no sentido contrário.Já a concessionária Renovias calculou, no mesmo período, 73 mil veículos em sua área de controle, que vai de Campinas ao sul de Minas Gerais. Da última quarta-feira até às 16h deste domingo, foram registrados 30 acidentes com seis vítimas graves, mas sem mortes. Porém, a empresa não tem comparativo com os números do último feriado prolongado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.