Estradas cheias, mas menos filas

Movimento em direção ao litoral paulista foi intenso ontem, só que não houve engarrafamentos

Andressa Zanandrea, O Estadao de S.Paulo

29 de dezembro de 2007 | 00h00

O movimento nas principais rodovias que ligam São Paulo ao litoral foi grande durante todo o dia de ontem, mas até o início da noite não foram registrados congestionamentos, como os de anteontem, quando houve 53 quilômetros de lentidão no Sistema Anchieta-Imigrantes. Os motoristas enfrentavam mais dificuldade na Rodovia Rio-Santos, no trecho que vai de Bertioga até a entrada da Riviera de São Lourenço, onde a lentidão chegou a 10 quilômetros, segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER). O tráfego também foi intenso nas Rodovias Oswaldo Cruz, Tamoios, Mogi-Bertioga e no Sistema Anchieta-Imigrantes. Houve lentidão entre o km 62 e o km 65 na pista sul da Imigrantes. Na Padre Manuel da Nóbrega, a concessionária Ecovias adotou, no fim da tarde, a Operação Litoral Sul: o sentido de uma faixa da pista leste (direção Peruíbe) foi invertido para a Praia Grande, por causa da lentidão entre o km 276 e o km 282, em São Vicente.Até as 22 horas, 230 mil veículos haviam descido da capital rumo às praias pelo Sistema Anchieta-Imigrantes, segundo a Ecovias. A estimativa é de que entre 480 mil e 650 mil veículos desçam a serra durante o feriado do ano-novo.As estradas que ligam a capital ao interior tiveram trânsito tranqüilo ontem. Não foram registrados congestionamentos nos Sistemas Castello Branco-Raposo Tavares e Anhangüera-Bandeirantes. Segundo as concessionárias ViaOeste e Autoban, o movimento foi abaixo do esperado. Na Régis Bittencourt, houve lentidão apenas na pista que vai para o Paraná. Pela manhã, foram cerca de 15 quilômetros, na altura do km 336, em Juquitiba, por causa do excesso de veículos, segundo a Polícia Rodoviária Federal. Nesse trecho da estrada, há afunilamento de pista. À tarde, a lentidão caiu para 500 metros, mas voltou a aumentar no fim do dia e no início da noite, quando chegou a cinco quilômetros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.